terça-feira, 6 de junho de 2017

Transição capilar- #Queromeublack


Oi gente hoje eu trouxe um post diferente aqui no blog, que 
eu senti necessidade de compartilhar com voces, o projeto que eu nomeie de #Queromeublack onde irei contar um pouco sobre o meu processo de transição capilar! E nesse primeiro post vou contar um pouco da história do meu cabelo:

Como meu cabelo era crespo, minha mãe puxava muito para ficar baixo, tipo boi lambeu, sabe kkk; aos quatro anos de idade minha mãe fez meu primeiro relaxamento, e desde ai não parou mais, entre relaxamento, selagem, progressiva, já são 12 anos de cabelo alisado, sendo que eu tenho 16, ou seja eu não conheço meu cabelo natural!

Por isso depois que fiz meu último relaxamento em 
novembro do ano passado, resolvi parar de passar química, desde então venho apenas escovando e pretendo seguir sem passar nada e com tempo ir cortando, enfim, resolvi postar aqui no blog também sobre essa nova fase da minha vida!


Espero que gostem do projeto que estou preparando com 
todo o carinho pra vocês, beijos e até a próxima!

16 comentários:

  1. Muito legal o projeto, precisa ter paciência e dedicação, conheço um produto que pode ajudar, é um spray texturizador da Sou Dessas, ele ajudar a texturizar o cabelo e igualar com a raiz vale a pena testar. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma olhada e ver onde encontro,brigada pela dica!

      Excluir
  2. Oi Késia! Como está? Legal compartilhar no blog essa experiência. Eu já fiquei um tempo sem passar química e a transição é bem difícil, mas é ótimo saber como é o nosso cabelo 'de verdade'. Beijos!
    emfluencianoingles.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza è um processo de se redescobrir!

      Excluir
    2. Oi amiga, como vai?
      Passando para avisar que estou com blog novo!
      Agora além do Em Fluência no Inglês vou ter um blog feminino.
      Espero sua visita :)
      beijos!
      http://edarosa.blogspot.com.br

      Excluir
  3. Muito legal sua decisão e valorização ao seu cabelo natural *-* acho super bacana e acredito que postar aqui no blog possa te ajudar muito! Aguardo pelos posts

    ResponderExcluir
  4. Nossa, como você começou com o processo de alisamento ainda pequena, menina! Eu juro que não entendia muito deste assunto até ler sobre "transição capilar" em vários outros blogs. Certamente este procedimento vai além de uma mera transição, é um processo de aceitação do cabelo como ele é. Eu acho incrível sua postura, tão nova e tão decidida. Um forte abraço e mande sempre notícias de sua transição.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Késia.
    Boa sorte nessa nova fase, com o tempo o seu cabelo vai voltar ao natural e quero ver o resultado, viu.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  6. Flor, você irá amar o resultado depois. Pois é libertador poder sair por aí com sua própria identidade, sem contar que cacheado e crespo, são coisas divinas. Não é mesmo?Te desejo muita paciência nesse processo, pois é preciso! Siga um cronograma certinho e tenha um boa alimentação, também esteja sempre tirando as pontinhas de seu cabelo. Você vai ver que o seu cabelo vai crescer muito!
    Amei seu blog, beijão!

    ResponderExcluir
  7. Boa sorte com a transição! Meu cabelo sempre foi pouco ondulado, mais pro liso, mas com 14 anos ele estava abaixo da cintura e cortei no ombro. Não sei porque mas ele enrolou todinho!! Dava um trabalhão pra ficar definindo os cachos, e acabei optando por relaxamento aos 16, e progressiva aos 18..e desde então nunca mais voltei ao cabelo natural. Admiro quem tem essa força de vontade. Quero ver o resultado final. Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana você compartilha essa decisão. Muita sorte pra você nessa etapa de transição e que você se redescubra e fique feliz . Isso que importa :)

    ResponderExcluir
  9. Essa é uma decisão muito importante mesmo, porque não é fácil. Aliso meu cabelo há quase dez anos já, e eu nem lembro mais como ele é de verdade. Boa sorte nessa sua nova fase, que dê tudo certo e quero ver o resultado!

    ResponderExcluir
  10. Também estou na transição e minha filha, ficar com as duas texturas não é nada fácil, estou a 6 meses em transição, por isso desejo muita paciência e força. Foca na transição

    ResponderExcluir
  11. Nossa você começou tão novinha a usar quimicas né, imagino a anciedade para conhecer seu cabelo. Ja passei por essa fase e difícil mas vale anpena, boa sorte linda.
    Bjos

    ResponderExcluir